Sobre Fotógrafa de Família - Conto de Fotos - Jaque Carvalheiro

A Fotógrafa

Jaque Carvalheiro

Desde pequena já era apaixonada por fotos. Meu pai tinha uma daquelas câmeras compactas de filme, e eu não via a hora de buscar as fotos ! Era uma surpresa ver as fotos reveladas, a gente dava risada, lembrava dos momentos, e colocava as fotos no álbunzinhos.

Quando fiz 15 anos, ao invés de ganhar uma joia ou algo do tipo, eu ganhei uma câmera fotográfica! A minha primeira câmera digital! Era muito divertido poder ver o resultado da foto ali na hora :)

A fotografia continuou por um bom tempo apenas como uma diversão.

Mas quando conheci meu namorado e atual marido, ele me incentivou a seguir carreira. A gente ainda era apenas amigos quando ele foi comigo comprar minha primeira câmera semi-profissional. E aí começamos a namorar, fomos viajar pra fazer um voo de balão (sensacional) e lá em cima ele me deu um envelope, dentro estava a minha inscrição pra um curso básico de fotografia! Um tempo depois eu cheguei a ganhar uma menção honrosa em um concurso de fotografia aqui do ABC onde uma das minhas fotos ficaram entre as 10 melhores e as demais foram pra uma exposição em São Caetano. Me senti realizada. Meu esposo continuou dizendo pra eu me profissionalizar na área, mas ainda não tinha tido coragem de seguir a fotografia como uma profissão.

Noivamos e começamos a juntar grana pra casar e tive que vender minha câmera! Fiquei um bom tempo sem fotografar. Mas em 2016 no meu aniversário a minha mãe e minha irmã, que sempre me incentivaram muito na fotografia, me deram de presente uma câmera! Chorei muito e decidi que era hora de seguir meu sonho!

E foi em janeiro de 2017 que fiz o primeiro ensaio. Ficou lindo demais! A gestante amou, e fala até hoje! De lá em diante não parei mais e fui estudar, me formei no Técnico em Fotografia pelo Senac.

Nesse meio tempo fui tentando ver com qual área da fotografia eu me identificava mais, fiz ensaios de gestante, de família, casal (amo), smash the cake, aniversários, exposição de cachorrinhos e até fotos de newborn pet.

Gosto de fotografar um pouquinho disso tudo, mas hoje sei que o que mais amo fotografar são as famílias. É o bem mais precioso que temos na vida. E são as memórias mais importantes que teremos daqui 10, 20, 30, 50 anos...

E é por isso que amo o que faço! Conto as histórias para que as pessoas possam revivê-las..